Browsing Category

Dicas

Dicas,

Veja 20 atrações imperdíveis em Gramado

Ainda não fez a sua listinha de o que fazer em Gramado? Selecionamos os principais pontos da cidade que você precisa conhecer.

Esqueça o Brasil tropical e entre em um clima muito mais europeu, sem sair de nossa terra natal.  Os pontos turisticos Gramado, no Rio Grande do Sul, atraem milhares de visitantes por ano já que se assemelha a um vilarejo nas montanhas suíças.

Boutiques vendem chocolates gourmets, restaurantes locais são especializados em vinhos e fondue, a arquitetura remete à um estilo alpino e os serviços de hospedagem e gastronomia são excelentes.

Além dos encantos da cidade, como a Rua Coberta e a Igreja de São Pedro, Gramado é rodeada por atrações incríveis e uma linda natureza.

Para você não perder nada do que essa charmosa cidadezinha europeia…ops, ou melhor, brasileira… tem a oferecer, confira nossa lista com 20 pontos turísticos em Gramado que valem a visita:

Pontos Turisticos Gramado para você visitar

1) Rua Coberta

Um dos pontos mais atrativos de Gramado é a Rua Coberta. Coberta por um teto translúcido, possui uma linda decoração de plantas pendentes.

Além disso, a Rua Coberta fica no centro de Gramado e na frente do Palácio dos Festivais, que é onde acontece o famoso Festival de Cinema de Gramado.

Por aqui, você pode passar em qualquer momento do dia para encontrar muitas lojinhas, restaurantes e feiras também.

Encontre hotéis próximo a Rua Coberta em Gramado clicando aqui!

Rua Coberta, o principal ponto turístico de Gramado

2) Lago Negro

O Lago Negro é um dos principais pontos turisticos Gramado. A paisagem dele é semelhante a de muitos locais da Europa, rodeado por pinheiros, hortênsias no Inverno e azaleias no Verão.

Para quem quer sentir de perto a cultura gaúcha, é possível sentar à beira do lago e tomar um belo chimarrão.

Andar de pedalinho pelo lago é um dos passeios mais populares por aqui. É uma delícia para apreciar a natureza e se divertir. Além disso, ao redor do Lago Negro há trilhas para caminhada, um pequeno santuário e restaurantes para almoçar. A entrada é gratuita.

O Lago Negro em Gramado - Pontos turisticos Gramado
O Lago Negro em Gramado

3) Mini Mundo

Como o próprio nome já diz, aqui você vai se encantar e ter a sensação de ser um gigante. O parque ao ar livre apresenta réplicas fiéis em miniatura de diversas partes do mundo.

Outra parte que vale o destaque é a cidade em miniatura. Esta mini cidade contém milhares de habitantes que são 24 vezes menores do que o tamanho real.

O Mini Mundo é um programão para quem está viajando com crianças. O parque possui espaço infantil para brincadeiras, infraestrutura para alimentação e lojinhas para lembrancinhas.

Agora fica a dica: Quem se hospedar no Hotel Höppner, que pertence aos donos do parque, não precisa pagar ingresso para visitar o Mini-Mundo

4) Igreja de São Pedro

A Igreja de São Pedro é a mais famosa em Gramado. Construída em 1917, tem toda a sua construção feita por pedras e lembra bastante as antigas Igrejas medievais europeias.

Os vitrais também fazem parte da decoração. E a torre da Igreja de São Pedro, com 44 metros de altura, vale o destaque.

Ao lado da Igreja fica a Fonte do Amor. Muitos casais vão até ela e deixam um cadeado com o seus nomes.

Igreja de São Pedro
A Igreja de São Pedro

5) Natal Luz

Não dá para falar de Gramado e não citar o Natal Luz, o evento que atrai centenas de visitantes a cidade todos os anos. Gramado fica inteirinha decorada de Natal, com muitos pisca-pisca, decorações e a aldeia do Papai Noel.

Na época do Natal, diversos shows que resgatam o verdadeiro sentido da data emociona a todos que assistem. Afinal, um dos objetivos do evento é reflorescer nos adultos a magia desta época tão querida.

O grande desfile de Natal, que acontece em diversas datas de Outubro ao início de Janeiro, é um dos programas indispensáveis.  As alegorias lindas fazem parte do espetáculo, assim como música, acrobatas, bailarinos, patinadores, atores e efeitos especiais.

6) Le Jardin

O Le Jardin Parque de Lavandas é um passeio para quem gosta de flores e tranquilidade. O parque possui diversas espécies de flores raras e diferentes tipos de lavanda. Um dos objetivos é mostrar para o público os benefícios terapêuticos, ornamentais e culinários que as propriedades das lavandas podem trazer .

Além disso, o Le Jardin tem uma estufa de produção de plantas, loja temática e um restaurante famosos pelo strudel. A entrada no parque é gratuita.

7) Parque do Caracol

Um dos pontos turisticos Gramado indispensável é conhecer o Parque do Caracol. O parque fica a 7 km do centro de Gramado, já no município vizinho de Canela.

A Cascata do Caracol é a principal atração do Parque e não é por menos. Os incríveis 131 metros de queda d’água são surreais. Agora, você pode – ou não – descer os mais de 700 degraus para ver a queda lá de baixo. Eu recomendo, mas é bom lembrar que depois tem toda a subida de volta, rs!

O passeio de trem é uma das partes que as crianças mais adoram, o maquinista Zé do apito passa pela Vila dos Imigrantes e conta a história dos imigrantes que vieram para o Sul do Brasil.

Cascata do Caracol em Canela - Foto: Marcelo Gonçalves via Flickr - - Pontos turisticos Gramado
Cascata do Caracol em Canela – Foto: Marcelo Gonçalves via Flickr

8) Snowland

Quer ter uma experiência com neve? Então coloque na sua listinha de pontos turisticos Gramado o parque Snowland.

O complexo fechado tem diversas atrações que envolvem neve. O parque possui uma montanha de neve artificial e uma pista onde os visitantes podem praticar snowboard, descer com bóia de neve e até andar com moto de neve.

O Snowland oferece roupas e calçados apropriados para as atividades, mas é sempre bom levar roupas de frio extra porque algumas áreas do parque são abaixo de zero.

Uma das atrações da Snowland - Pontos turisticos Gramado
Uma das atrações da Snowland

9) Praça das Etnias

No Centro, a Praça das Etnias é um outro ponto turístico em Gramado muito movimentado. O local tem três casas muitos legais e entretenimento para passar algumas horas. Estas casas representam os principais imigrantes de Gramado.

A primeira casa possui arquitetura italiana e contém um memorial, a segunda casa representa os alemães e é conhecida pela Casa do Colono, e a terceira casa faz referência aos portugueses.

Na Praça das Etnias, os agricultores locais se revezam para ir até o local para produzir e vender pães, cucas, doces e outras comidas típicas. A feirinha começa a partir das 7h da manhã é uma ótima dica. Nela, você encontra produtos coloniais e orgânicos. Vale muito a pena se você quer tomar um café colonial gostoso.

10) Reino do Chocolate

Já viu o filme a Fantástica Fábrica de Chocolate? Então, no Reino do Chocolate os visitantes passam por cenários que contam a história do chocolate desde os astecas. As passagens também mostram reis e monges fazendo receitas de chocolates.

Uma das melhores partes é ver como funciona a fábrica do Reino do Chocolate, onde a produção é em tempo real. No fim do passeio há uma lojinha que vende diversos produtos diferentes a base de chocolate, até mesmo produtos de beleza. Ingressos a partir e R$ 22 por pessoa.

Entrada do Reino Encantado

11) Museu de Cera Dreamland

Quer ter a oportunidade de conhecer uma celebridade em um dos pontos turisticos de Gramado?  O primeiro museu de cera da América Latina contém ícones no mundo inteiro em tamanho real e com traços muitos semelhantes aos originais.

Dentre os diversos famosos do museu estão Gisele Bündchen, Neymar, Ronaldinho Gaúcho, Beyoncé e Ayrton Senna. Além disso, o Museu de Cera Dreamland contém estátuas de personagens  de séries e filmes da TV como Harry Potter, Shrek e os Smurfs. É um dos pontos turisticos Gramado para todas as idades. O preço é salgado, ingressos a partir de R$ 100.

12) Mundo de Chocolate

Chocólatras de plantão, temos mais um ponto turístico de Gramado delicioso para vocês. No Mundo de Chocolate você encontra os principais pontos turísticos do planeta feitos em chocolate maciço. São mais de 200 peças esculpidas a mão e que totalizam 30 toneladas de chocolates. Imagina que delícia comer uma Torre Eiffel, por exemplo, rs?

Leve blusa de frio, porque para manter a qualidade das esculturas o parque possui temperatura de 18 ºC.

Se você quiser ter um contato bem próximo com chocolate, o local permite que os visitantes tornem-se chefs por um dia e criem suas versões do doce.

Outra atividade – talvez a que todos estavam esperando – é a degustação de chocolate. Nada mal para terminar a visita, não é mesmo?

13) Casa da Velha Bruxa

A Casa da Velha Bruxa é um dos cafés mais tradicionais de Gramado. Com estilo europeu, fica pertinho da Rua Coberta, e serve deliciosas comidas feitas à base de chocolate Prawer, que é o primeiro chocolate artesanal do Brasil.

O local oferece mantas nas cadeiras para os clientes, assim você não vai passar frio enquanto estiver na Casa da Velha Bruxa. É muito gostoso e vale a pena conhecer nos dias que for passar em Gramado e Canela.

O café Casa da Velha Bruxa, vale a pena conhecer esse charmoso lugar - Pontos turisticos Gramado
O café Casa da Velha Bruxa, vale a pena conhecer esse charmoso lugar

14) Hollywood Dream Cars

Os amantes de carro não podem deixar Gramado sem conhecer o Museu do Automóvel Hollywood Dream Cars.

No museu, você encontra carros das décadas de 20, 30, 40 ,50 e 60. Um dos super carros que valem o destaque é o Cadillac Rabo de Peixe de Elvis Presley. Assim como o Lincoln Continental Club Coupe 1946, usado pelo All Capone, que é um dos 12 modelos existentes no Brasil.

Alguns dos carros da Hollywood Dream Cars - Pontos turisticos Gramado
Alguns dos carros da Hollywood Dream Cars

15) Harley Moto Show

Outro passeio bem bacana ligado ao automobilismo é o Harley Moto Show, que é o único museu de Harley Davidson temático da América Latina.

As motos ficam espalhadas por todo o salão e algumas são penduradas nas paredes e expostas em cima das mesas e balcões. O salão do museu é todo decorado com inspiração nos bares e cassinos de Las Vegas.

Além disso, cada parte do ambiente é importado de algum lugar, as chopeiras vieram da Bélgica, o sistema de som da Inglaterra e os letreiros em neon da Alemanha.

Cerca de 20 motos Harley Davidson que fizeram história são expostas para os visitantes, como a única do Brasil Knucklehead 1946. Você pode comprar roupas e acessórios da marca na lojinha que fica no local.

16) Palácios dos Festivais

Outro ponto turistico Gramado é o Palácio dos Festivais. Isso porque é lá que acontece o Festival Internacional de Cinema de Gramado, uma das mais importantes premiações do cinema brasileiro e latino.

Ele fica na Avenida Borges de Medeiros e merece uma passadinha para conhecer de perto a arquitetura linda do Palácio. Fora da temporada do Festival Internacional de Cinema de Gramado, o Palácio dos Festivais exibe sessões de cinema de sexta-feira, sábado e domingo no Cine Embaixador.

O famoso Palácios dos Festivais no centro de Gramado
O famoso Palácios dos Festivais no centro de Gramado

17) Pórticos da entrada da cidade

Quase todos os visitantes que vão para Gramado não deixam de tirar a típica foto na entrada da cidade. É um dos pontos turísticos Gramado mais visitados pelos instagrammers.

A arquitetura dos pórticos é linda e tem os canteiros todos floridos. Geralmente as pessoas param para tirar foto na chegada ou saída da cidade.

O Pórtico da cidade de Gramado- Pontos turisticos Gramado
O Pórtico da cidade de Gramado

18) Boreal Ice Bar Gramado Parque Temático

Conhecer o Boreal Ice Bar é uma experiência muito divertida para fazer na Serra Gaúcha. O parque é todo feito em esculturas congeladas como o balcão, sofás, geladeiras, mesas, personagens e uma iluminação colorida. São mais de 22 mil quilos de gelo para formar todas as peças do bar.

O Boreal Ice Bar mantém uma temperatura de -15 ºC para não deixar as peças derreterem. O Bar oferece casacos e luvas para os visitantes, mas vá com roupas quentes e sapatos fechados.

Boreal Ice Bar
Boreal Ice Bar

19) Mundo a Vapor – Parque Temático

O Mundo a Vapor é um passeios super cultural, que conta um pouquinho sobre a história das locomotivas.

Dentre as atrações do parque estão o espaço kids, a réplica de uma siderúrgica da Alemanha nos anos 40, a Olaria, maquete de linha férrea e muito mais.

20) Museu da Moda

O Museu da Moda conta com mais de quatro mil anos de história do vestuário feminino, com a assinatura de Milka Wolff, uma estilista gaúcha.

As peças expostas no museu são uma reconstrução estética de roupas originais de cada uma das épocas. É interessante entender a história da evolução humana por meio das vestimentas.

O Museu da Moda contém mais de 20 cenários que representam momentos históricos. Para deixar o público ainda mais impactado, a decoração é feita com peças originais de cada uma das épocas e as vitrines possuem luzes especiais, cenografia e sonoplastia.

Dicas, Guia Completo,

O que fazer em Miami – Guia completo das melhores atrações, bares e hotéis

Anote todas as dicas do que fazer em Miami, as principais atrações, museus, arte e ainda melhores hotéis onde ficar na cidade para curtir muito.

Contamos aqui todas a dicas e o que fazer em Miami. Uma das cidades mais animadas dos Estados Unidos. Miami vive em um clima latino misturando salsa, art deco e praia, você vai adorar!

A cidade possui um incrível distrito de arte, muitos quilômetros de praias, excelentes restaurantes e uma atmosfera super festiva.

Não espere ver a essência e a cultura dos Estados Unidos em Miami, já que a cidade foi dominada pelo clima latino e também é retiro de férias e aposentadoria para a maioria dos norte-americanos.

Anote as dicas de Miami o que fazer e aproveite muito!

Vista de Miami Beach – Você vai se apaixonar pela cidade e descobrir tudo o que fazer em Miami – Aproveite!

Quando ir para Miami 

De Janeiro a Abril é a alta temporada em Miami. Como é Inverno nos Estados Unidos, muitos locais viajam para a Florida para escapar das baixas temperaturas de outros estados. Porém, muitos turistas também gostam de descobrir a cidade no Verão, de Junho a Setembro.

Se você não liga para um pouco mais de umidade (e possíveis alertas de furacões) de Junho a Novembro os melhores hotéis oferecem excelentes condições em termos de tarifas, já que não é a época mais movimentada da cidade.

Como se locomover em Miami

Esqueça o transporte público, em Miami não é lá grande coisa. Além de demorar muito, leva o nada a lugar nenhum. Ele só é uma boa opção em Downtown, onde o Monorail cumpre sua função.

Porém, para conhecer tudo o que a cidade tem para oferecer, opte por alugar um carro em Miami. Esta é a opção mais econômica e que vale mais a pena – na cidade. Principalmente se você for a Orlando, essa é a melhor opção.

O que fazer em Miami – Conheça cada bairro

Miami Design District – Wynwood Walls

Não faz muito tempo que o bairro de Wynwood em Miami era uma cidade fantasma cheia de galpões e indústrias. Isso foi até o falecido Tony Goldman, o homem que reinventou o SoHo da cidade de Nova York, entrou em cena.

Hoje, qualquer pessoa que visita Miami não pode sair de lá sem antes passear pelo parque de arte de rua ao ar livre, conhecido como Wynwood Walls. O parque recebe diariamente centenas de visitantes que se impressionam com murais de artistas famosos como Kenny Scharf e Shepard Fairey. Tem até mural do nosso brasileiro Kobra, vale a pena conhecer.

South Beach – Lincoln Road, South Beach e Ocean Drive

Passear por South Beach é um dos musts para quem procura o que fazer em Miami. Além dos quilômetros de praia de areia branca e mar azul cristalino, o bairro também guarda algumas das ruas mais movimentadas da cidade, a Lincoln Road.

Passear pela Lincoln Road para fazer compras e comer em alguns dos restaurantes da Ocean Drive é parada indispensável. Deixe o carro à noite em uma das ruas da região e faça tudo a pé, já que o trânsito pode ficar a mil por lá no horário de pico.

o que fazer em miami
Lincoln Road Mall – Foto: Ed Webster via Flickr
o que fazer em miami
Ocean Drive – Foto: Neil Williamson via Flickr

Venetian Pool

Construído a partir de uma pedreira de rocha coral em 1923, este marco do bairro de Coral Gables está longe de ser uma piscina comum. As torres cor-de-rosa e a atmosfera veneziana apenas aumentam o encanto desse oásis de água de nascente com 820 mil litros.

Assim como as cavernas de corais escondidas e cachoeiras. Mas só para avisar: a piscina pode ficar lotada na alta temporada.

o que fazer em miami - Venetian Pool - Foto: j.s. clark via Flickr
Venetian Pool – Foto: j.s. clark via Flickr

Art Basel Miami Beach e os Museus de Arte

A primeira semana de Dezembro transforma Miami em uma extravagante capital da arte. O Art Basel Miami Beach, traz galerias de todo o mundo ao Miami Beach Convention Center e outros locais para a mostra.

Enquanto a feira em si já é uma grande atração, concertos, palestras, exibições de filmes, peças de arte de performance e instalações públicas também se tornaram uma parte regular das festividades.

Se você vai para Miami em outra época, não deixe de visitar os Museus de Arte Deco e Contemporânea da cidade.

Onde comer em Miami

Esqueça a comida norte-americana, Miami é famosa pela gastronomia cubana. Não deixe de experimentar o arroz con pollo (frango assado com arroz de açafrão), os platanos (ou platanos fritos, que se assemelham a bananas) ou o yuca, um vegetal de batata.

Se você quer comida americana, visite o fast-food Shake Shack para ótimos hambúrgueres e mil shakes

Joe’s Stone Crab

Um dos grandes clássicos de Miami e mundialmente famoso, o Joe’s Stone Crab atrai multidões diariamente. Inaugurado em 1913, o restaurante serve carne de caranguejo fresca todos os dias.

Ele chega a ficar lotado na hora do almoço e do jantar durante a temporada dos caranguejos (Novembro a Maio) e não aceita reservas. É preciso encarar algum tempo de espera (às vezes mais de uma hora), mas se você é fã desse tipo de gastronomia a espera vale a pena.

  • Onde: 11 Washington Avenue, Miami Beach 
o que fazer em miami
Foto: T.Tseng via Flickr

YUCA

Um dos mais badalados restaurantes de gastronomia cubana, o YUCA são as siglas de “Yout Upscale Cuban-Americans“, ou seja, “Cubanos-americanos de alto nível”

  • Onde: 501 Lincoln Road 
o que fazer em miami
Foto: Phillip Pessar via Flickr

Casa Tua

Uma joia escondida em uma Villa de estilo mediterrâneo, onde o belo terraço fornece o pano de fundo para uma excelente culinária italiana.

  • Onde: 1700 James Avenue, Miami Beach
o que fazer em miami
Foto: Flickr (Phillip Pessar)

Sundays on the Bay

Com reggae ao vivo aos Domingos, vários iates param por lá para um brunch.

São mais de 200 itens de no cardápio, em uma atmosfera descontraída. Faça a sua reserva para o brunch de Domingo, já que pode lotar.

  • Onde: 5420 Crandon Boulevard

Shake Shack

Se você está mais para um tradicional hambúrguer e fritas, o Shake Shack é o fast-food do momento. Vale a parada por lá para matar a vontade de um fast food bem americano.

  • Onde1111 Lincoln Rd, Miami Beach 
o que fazer em miami
Foto: @shakeshack via Instragram

Onde fazer compras em Miami

Dadeland Mall

Se você tem apenas um dia em Miami ou até mesmo uma escala e quer ir para as compras, o Dadeland Mall é a melhor opção.

Fica a pouco tempo do aeroporto e tem todas as lojas mais famosas dos Estados Unidos.

Sawgrass Mills

O SawGrass Mills é um outlet em Fort Lauderdale (ao norte de Miami) e oferece as melhores barganhas da cidade.

Com todas as lojas mais famosas dos Estados Unidos, oferece descontos de até 70% em lojas como GAP, Guess, Bloomingdale’s, Armani, entre mil e uma outras.

Lincoln Road Mall

Lincoln Road Mall é um shopping a céu aberto, com diversas lojas e restaurantes. Você vai encontrar lojas como 7 For All Mankind, American Eagle, Adidas, Banana Republic, H&M, MAC, Zara entre diversas outras.

Não espere os descontos de um outlet, mas os preços já valem muito a pena comparados com os do Brasil.

O que fazer em Miami a noite

SkyBar no The Shore Club

Em frente à praia, curta um noite de cocktails em uma das redes ou sofás do Sky Bar no Shore Club.

  • Onde: 1901 Collins Avenue, Miami Beach

Restaurante Nobu

Um dos restaurantes mais badalados da cidade, o Nobu é perfeito para quem quer curtir uma noite com coktails e uma boa cozinha japonesa. Se você só vai provar um deles, que seja o Martini de Lichia da casa.

O restaurante fica dentro do hotel Eden Roc Miami Beach.

o que fazer em Miami

Onde ficar em Miami

Hotéis Econômicos em Miami  (Diárias de até R$ 400)

Não espere ficar em Miami Beach se você está procurando opções econômicas de hospedagem. A boa notícia é que novos cenários estão se formando na cidade e muitas vezes é até mais legal ficar longe do agito.

Outra opção é se hospedar em Fort Lauderdale e conhecer as praias lindas e o clima mais residencial da região, que é formada por lindos canais e casas. Tudo isso a apenas 40 minutos de Miami Beach e a 15 minutinhos do shopping center SawGrass Mills.

Algumas opções como ficar perto do Wynwood District ou alugar um studio em um bairro residencial são além de mais econômicas, excelentes ideias.

LIFE HOUSE, LITTLE MIAMI

Ao sul de Downtown Miami, o Life House, Little Miami é um charmoso hotel no bairro de Coral Bay. Ele fica a 17 minutos de carro de South Beach e dos famosos pontos como a Lincoln Road.

Os quartos são simples, com decoração clean e clássica, mas um pouco apertadinhos. O hotel tem um lounge no rooftop com vistas panorâmicas da cidade.

Para quem quer economizar, é uma excelente opção! Principalmente para casais que querem mais sossego na viagem.

Veja os preços e disponibilidade e faça já sua reserva clicando aqui!

Quarto do Life House Little Miami
Área do Life House Little Miami
Quarto compartilhado do do Life House Little Miami

NEW YORKER BOUTIQUE HOTEL

A grande vantagem do New Yorker Boutique Hotel é sua localização. A menos de 8 minutos de carro da Wynwood Walls e a 12 minutos da Lincoln Road, em South Beach.

O hotel cumpre bem a função para quem quer ficar perto de tudo. Os quartos são espaçosos e claros. O hotel oferece café-da-manhã aos hóspedes. Uma ótima opção para famílias e grupos de amigos que não querem ficar muito tempo no carro para chegar aos lugares.

Veja os preços e disponibilidade e faça já sua reserva clicando aqui!

Piscina do New Yorker Boutique Hotel
Quarto do do New Yorker Boutique Hotel em Miami
Recepção do do New Yorker Boutique Hotel

HUDSON HOUSE

Para quem procura um clima de “casa longe de casa”, a Hudson House é a escolha perfeita.

O apartamento oferece cozinha, uma sala de estar super charmosa e você pode alugar um quarto por lá. A localização também é bem conveniente, entre o Aeroporto e a Wynwood Walls.

Veja os preços e disponibilidade e faça já sua reserva clicando aqui!

Sala do Hudson House em Miami
Cozinha do Hudson House em Miami
Quarto casal do Hudson House em Miami

Hotéis em Miami com bom custo-benefício (Diárias de R$ 400 a 900)

Essa lista abaixo pode ajudar quem quer ficar perto do agito da cidade. E, além disso, pagar um preço justo por uma hospedagem que vale a pena.

Hotéis charmosos, boutique ou quatro estrelas fazem parte da lista e são perfeitos para famílias, casais e grupos de amigos.

REGENCY HOTEL MIAMI

Regency Hotel Miami fica ao lado do aeroporto, perfeito para quem vai ficar apenas uma noite na cidade e procura uma acomodação confortável.

O hotel oferece piscina e academia. Os quartos são espaçosos, com camas duplas e piso de carpete.

Veja os preços e disponibilidade e faça já sua reserva clicando aqui!

Regency Hotel Miami
Piscina do Regency Hotel Miami
Quarto do Regency Hotel Miami

TOWNHOUSE MIAMI BEACH

O Hotel Townhouse, com 71 quartos, é um hotel super groovy em South Beach, com interiores divertidos e um sushi-lounge moderno no porão.

Não há piscina, mas os moradores podem curtir o sol em espreguiçadeiras no terraço da cobertura com uma vista espetacular.

Veja os preços e disponibilidade e faça já sua reserva clicando aqui!

Townhouse Miami Beach
Townhouse Miami Beach
Quarto do Townhouse Miami Beach

IMPALA HOTEL

Uma excelente opção para casais, o Impala Hotel é uma propriedade boutique em Miami Beach. Com estilo clássico e veneziano, oferece quartos espaçosos, charmosos e bem decorados.

Além disso, o premiado restaurante italiano Spiga fica no hotel. A localização é muito boa, 4 minutos a pé de Miami Beach e na área animada e Art Déco de South Beach.

Veja os preços e disponibilidade e faça já sua reserva clicando aqui!

ROOM MATE WALDORF TOWERS

Apesar da fachada super Art Déco, projetada em 1937, o Room Mate Waldorf Towers oferece acomodações modernas, espaçosas e confortáveis em frente à praia de South Beach.

O hotel está na Ocean Drive, a poucos minutos das principais lojas e vida noturna de Miami Beach.

Veja os preços e disponibilidade e faça já sua reserva clicando aqui!

O que fazer em Miami

Hotéis de luxo em Miami (diárias a partir de R$ 900)

Quem busca sofisticação, conforto e serviço de qualidade pode ficar tranquilo: isso é o que a hotelaria de Miami mais oferece.

Hotéis de grandes redes internacionais e outros renomados nomes estão na lista. As opções de hotéis de luxo em Miami vão das clássicas às mais descoladas, para famílias, casais ou amigos.

EAST Miami

Moderno e sofisticado, o EAST Miami é uma opção de acomodação de luxo em Brickell, ao lado de Downtown Miami. O hotel possui quartos espaçosos, com janelas panorâmicas, terraços e vistas incríveis para a cidade.

O hotel possui 4 piscinas, que inclui uma piscina olímpica, uma de hidromassagem, uma de imersão fria e uma banheira de hidromassagem. Além disso, vale visitar o Sugar, bar no 40º andar do hotel, para saborear um drink apreciando as vistas do hotel.

Veja os preços e disponibilidade e faça já sua reserva clicando aqui!

E você? Já sabe o que fazer em Miami? Comente aqui!

IMG_0789-1-1620x1080
Dicas, Minhas Viagens,

Dicas de onde se hospedar em Londres

Recebo muitos pedidos de dicas de onde se hospedar em vários lugares do mundo e daremos inicio a minha última viagem, Londres. Neste artigo irei ajudá-lo a achar o lugar ideal para se hospedar na cidade clássica britânica.

A cidade de Londres é muito grande e tem MUITAS opções de hospedagem. Como não conheço eles, vou te ajudar a escolher algum bom hotel em Londres. Uma das coisas principais é a localização, sem dúvidas. Então, afinal, qual a melhor região pra ficar em Londres?

Tirando a dúvida de muitos, em Londres é praticamente impossível você se localizar em um lugar onde você consiga fazer tudo andando, um exemplo é a Torre de Londres de um lado e o Palácio de Kensington do outro lado da cidade, como também Big Ben, Picadilly Circus e outros lugares que são distantes um do outro.

Porém não pense isso como algo negativo, os meios de transporte públicos em Londres são ótimos com rápida locomoção e preços.

Eu, particularmente não recomendo ficar hospedado no centro de Londres achando que vai dar conta de economizar tempo e dinheiro no transporte. O centro de Londres é considerado: Big Ben/Trafalgar Square/London Eye e outros.

O motivo é que nessa parte da cidade, os custos são bem mais caros de estadia e nem sempre tão atrativas, eu quando viajei a Londres, me hospedei no Hilton London Metropole na região de Paddington em frente a estação de metrô Edgware Road.

Vamos ao que interessa, segue abaixo as principais dicas para encontrar sua estadia ideal:

1: Buscar por hotéis próximos às estações de metrô

Isso é o mais importante na sua viagem. O hotel pode ser em uma zona residencial, mas tendo metrô por perto vai resolver a tua vida. A área de  Paddington  é um bom exemplo. Ficar num hotel próximo do metrô vai facilitar sua vida, por exemplo, se quiser largar as compras ou trocar de roupa e depois voltar pra jantar fora, ou ir ao teatro. Em Londres, será questão de minutos, é bem rápido mesmo, pode acreditar!

2: Priorize hotéis nas zonas 1 e 2 do metrô (principalmente a 2)

Assim como recomendo não ficar no centro, também indico não ficar muito afastado do centro. Claro que os hotéis próximos ao aeroporto são os mais baratos, mas tenho certeza que a felicidade em saber disso vai por água abaixo quando descobrir  que ele fica na  zona 6 do metrô (o que significa um preço maior no transporte) e mais longe, demorando cerca de 1h20 até a zona central.

Ficando na zona 2 o tempo de deslocamento vai ser rápido, e o preço do transporte vai ser o mais barato também. Assim tu escapa dos hotéis caros do centrããão; não fica no meio do tumulto; e ainda assim paga a tarifa mais baixa do transporte público. Isso porque andar entre a zona 1 e a zona 2 é o mesmo preço, ou seja, os pontos turísticos estando na zona 1 e o teu hotel na zona 2, tu ainda vai pagar a tarifa mais baixa do transporte.

mapa do metrô de londres zonas 1 e 2 destacadas qual melhor zona ficar regiao

Pode ficar tranquilo também que estas áreas são todas muito seguras.

3: Se ficar 3 ou 4 dias em Londres, aí sim considerar algo na zona 1 pra otimizar o tempo

Vale a pena dar uma olhada com calma no teu roteiro e até meio que mapear onde vai passar maior parte do tempo. Depois disso dá uma olhada nas opções que tem pela área onde mais vai ficar. Isso vai otimizar em especial o teu tempo – e acredite, ficando 3 ou 4 dias em Londres você precisará muito otimizar seu tempo.

Espero que tenham gostado das dicas básicas de como achar a hospedagem ideal em Londres, não se esqueça depois de selecionar tuas opções de hotel em Londres dá uma olhada no Google Maps quanto tempo leva do hotel até as principais áreas de pontos turísticos.

Gostaria de fazer passeios guiados com um guia brasileiro? Clique aqui

Conheça-o-seguro-viagem
Dicas,

Seguro Viagem Internacional vale a pena?

A maior dúvida dos brasileiros que está prestes a realizar uma viagem internacional é: contratar um seguro viagem vale a pena?

Te contaremos os prós e os contras para te ajudar a decidir se realmente quer garantir um para a sua viagem.

Viagem é sinônimo de muita coisa boa: praia, montanha, cidades incríveis, restaurantes deliciosos, muitas descobertas, histórias inesquecíveis, e por ai vai. É difícil pensar que algum acidente pode acontecer com a gente ou que é possível pegar uma febre durante as tão aguardadas e planejadas férias.

E ai entra a vida no meio. Ela é uma caixa de surpresas. É complicado prever o dia de amanhã, mas é importante estar preparado e pronto para toda a eventualidade que vier.

Vai que um passo errado, e pronto uma torção no pé em plena Times Square ou um gripe forte inesperado em um hostel pela Europa? É terrível pensar em possibilidades assim, mas é preciso saber que ao se abrir para descobrir o mundo, você também está propenso a viver experiências que podem não ser tão boas assim.

Para resolver a questão do “Seguro viagem internacional vale a pena?”, colocamos diversas variáveis na ponta do lápis – preços do seguro viagem, histórias reais de colunistas que precisaram da cobertura internacional.

Infográfico com informações sobre seguro viagem
Explicativo sobre custos hospitalares em uma viagem internacional

Como funciona um seguro viagem?

O seguro de viagem é um serviço que presta assistência e suporte para o viajantes. Algumas do serviços oferecidas pelo seguro viagem são: assistência e cobertura de gastos com despesas médicas e hospitalares, odontológicas, em caso de morte, extravio de bagagem, jurídica entre outros.

Com o seguro contratado, caso você tenha alguma emergência médica ou extravio da bagegem por exemplo, todo o custo será pago diretamente pela seguradora.



Afinal, o seguro viagem internacional vale a pena mesmo?

Definitivamente, o seguro de viagem vale a pena sim. A economia com eventuais despesas médicas valem qualquer risco.

Seja uma bagagem extraviada, pequenos acidentes ou até internações deixam de ser uma dor de cabeça tão grande com um seguro.

Em alguns países, por exemplo os Estados Unidos, o seguro viagem ainda não é obrigatório, mas já existem movimentos do governo para que esse item seja necessário para entrar no país.



paises-mais-baratos-para-viajar-1-730x449
Dicas,

Dicas para viajar mais barato para qualquer lugar do mundo

Hoje em dia através das rede sociais vemos muitas pessoas viajando ao redor do mundo e muitos se perguntam ou até mesmo sem saber julgam “como a pessoa é rica” mas a verdade é que se planejar você consegue viajar de forma barata.

Vou dar 5 dicas de como você conseguir viajar de forma barata:

Dica 1: Prioridade
Existem muitas pessoas que dizem que querem viajar mas não tem dinheiro, mas gastam uma fortuna de cartão de crédito e conseguem pagar a fatura todo mês, então a primeira dica é você poder enxugar seus gastos e se planejar melhor para a sua viagem dos sonhos.

Dica 2: Planejar com antecedencia
Se você planeja sua viagem bem antes, além de conseguir ótimos preços para hotel, passagem você também consegue se planejar financeiramente.

Dica 3: Datas
Procure datas que não sejam periodos tão caro e procurado para o lugar desejado, nestas épocas os preços costumam ser muito caro, tanto hotel, quanto passagem, passeios e até mesmo alimentação.

Dica 4: Roteiro
É muito bom você se planejar e procurar os lugares mais visitados do lugar que você está indo, se você planeja fazer varios destinos entâo e está com poucos dias isso é essencial para não chegar na hora e ficar perdido, com isso você consegue aproveitar muito mais.

Tenho certeza que com estas dicas você irá conseguir viajar e aproveitar muito mais a sua vida!

Female hand holding smartphone and credit card
Cartões, Dicas,

Dicas para proteger o seu cartão de crédito

É sempre bom ter bastante cuidado com o seu cartão de crédito, fraudes acontecem dia após dia, e cada vez mais inovadoras.

Preparamos algumas dicas para se sentir mais seguro com seu cartão:

  1. Nunca o perca de vista. Seu cartão é pessoal e intransferível, nunca o perca de vista, nunca empreste-o, e caso um funcionário local diga que vai ter que se ausentar do local por alguns minutos, peça seu cartão de volta.
  2. Cartões de crédito virtuais. Vários bancos utilizam um sistema mais seguro chamado de cartão de crédito virtual, dependendo do seu banco, um número é gerado para apenas uma compra, e em outros um número permanente virtual é criado. Para compras pela internet, é sempre recomendável usar esses cartões virtuais para maior segurança.
  3. Apague o CVV. O CVV do cartão é um número de segurança composto por 3 dígitos, nos cartões American Express são quatro, uma boa medida de segurança é apagá-lo com uma lixa para dificultar a vida de fraudadores, sempre, é claro, anotando o número antes de apagá-lo.
  4. Nunca deixe a senha exposta. Muitas pessoas costumam anotar a senha no próprio cartão de crédito ou na carteira, isso pode ser muito perigoso, as duas coisas por motivos óbvios tem que ser separadas.
  5. Nunca salve seu cartão em lojas. Muitas lojas, principalmente virtuais, pedem para o cliente salvar seu cartão para agilizar futuras compras.Se um dia essa loja for invadida, você poderá ter problemas com seus dados.
  6. Sempre olhe seu extrato. Olhe diariamente seu extrato online do cartão de crédito, ao sinal de qualquer compra suspeita, ligue ao banco imediatamente.
  7. Cuidado com SMS e ligações falsas de bancos. Muitos golpistas enviam SMS, efetuam ligações, e até enviam e-mails se passando pelo banco.Normalmente pedindo alguma atualização de cadastro ou renda.Tome cuidado! ao sinal de qualquer suspeita, ligue para a sua gerente para confirmar. Bancos nunca pedem iTokens e nem senhas por telefone e nem e-mail.
  8. Cuidado com virus no seu computador. Muitos objetivos de malwares e virus de computador é roubar dados bancários, para isso, use sempre um bom anti-virus, como Windows Defender e Kaspersky.
  9. Não ande com todos os seus cartões na carteira. No dia a dia, não há necessidade de andar com todos os cartões na carteira, ande no máximo com apenas dois cartões, um para uso principal e outro para backup. Em caso de assalto ou algo do gênero, você não perde todos os cartões.

Seguido essas dicas, você ficará muito mais seguro com seu cartão de crédito e poderá usufruir de suas vantagens e suas milhas, aproveite!